quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Vamos falar sobre compulsão sexual, pornografia e NOFAP

Fala, pessoal. 

Gostaria de falar rapidamento com vocês sobre esse tema muito importante para todos os jovens, especialmente para os homens. 

Está se espalhando pela internet uma corrente que defende o NOFAP, que seria a abstinência voluntária da masturbação.

IMHO, a masturbação em si é natural e de certa forma até saudável. A compulsão sexual acompanhada de pornografia é o grande problema a ser enfrentado. Vale destacar que a masturbação acompanhada de pornografia é pratica disseminada e a maioria das pessoas a considera inofensiva ou até natural.

Por experiência própria, a pornografia é uma verdadeira droga, o usuário vai sempre aumentar a dose e tende a procurar uma droga mais forte, em outras palavras, conteúdo sexual cada vez mais bizarro e não natural, inclusive desassociado de sua opção sexual, descambando, em casos mais graves, para cenas de estupro, zoofilia, sodomismo grave, pedofilia etc.

O viciado, após consumir a drogra (pornô pesado), tem a recompensa imediata (orgasmo), seguida de uma sensação terrível (deprê pós-orgasmo), e então se sente um lixo por ter consumido aquele tipo de conteúdo.

O processo se reprete e se intensifica com o passar do tempo... é ou não é o típico processo de qualquer droga?

Boa parte dos jovens utilizam a masturbação como uma válvula de escape ou como fuga da realidade. Imaginem um jovem pobre beta e feio (abraço, Pobreta!), sem traquejo ou destaque social, sem grana, imaturo e inseguro. 

Ele até tenta "azarar" umas gatas na faculdade, no trabalho ou na balada, mas como ele é um repelente ambulante de pessoas, não obtém sucesso. Chega em casa, abre algum site pornô (vocês sabem quais), descarrega toda sua frustração e desejo sexual numa bronha violenta. 

Sente-se um merda, mas enebriado pelo efeito do gozo, vai dormir. E o ciclo se repete no dia seguinte. Infinitamente. 

Resultado de imagem para nofap
Eu me masturbo porque sou infeliz. Eu sou infeliz porque eu me masturbo.

Se você, caro amigo, de alguma forma se encaixa nessa descrição, sugiro que repense sua vida, seus hábitos e sua rotina. Você vai se sentir cada vez pior, vai se tornar cada vez mais viciado nessa merda, nunca vai ter energia para evoluir como homem, para conquistar o que deseja, A MENOS QUE LARQUE ESSA PORRA.

Abraço do Investidor Concursado!

terça-feira, 2 de julho de 2019

Atualiação 2T2019 | R$ 160.667,00 (+12,48%)

Olá, amigos. É chegada a hora de mais uma atualização, que desde a última vem sendo apresentada trimestralmente e assim pretendo continuar.

Dando sequência ao movimento iniciado há algum tempo, os investimentos seguem cada vez mais no automático, aportes regulares em ativos diversificados, sem acompanhar nada muito de perto, focando na minha saúde e desenvolvimento pessoal e só.

terça-feira, 11 de junho de 2019

Eu sou muito grato por ter um cargo público

Fala, pessoal. 

Neste post, pode parecer que estou indo um pouco na contra-mão de tudo que venho falando no blog nos últimos tempos.

Mas a verdade é exatamente o contrário. Eu sou um servidor público liberal. Eu não acredito que vou receber aposentadoria. O serviço público está repleto de funças preguiçosos, incompetentes e reclamões.

Mas eu sou muito grato por ter um ótimo cargo público, receber um ótimo salário, ter férias, feriados, recessos e uma jornada tranquila. 

Faço cursos, estou acumulando um bom patrimônio, levo uma vida com vários prazeres, viajo com frequência...

Devo tudo que conquistei aos cargos públicos que já tive. E só tive os cargos em razão da existência dos concursos, pois sem eles eu jamais teria a oportunidade de trabalhar em um tribunal do poder judiciário federal, não tenho parente importante, não tenho QI, não sou uma pessoa popular, não me dou bem em dinâmicas ridículas que esses picaretas dos RH promovem.


Mas nada disso implica em eu ser um imbecil que acredita que todos os males do mundo são causados pelos capitalistas malvadões, que o governo tem que garantir meus direitos e que a solução para todos os problemas do mundo é uma lei elaborada por aqueles políticos safados que temos.

Você é ou quer ser servidor público? Ok, é um emprego, um trabalho. Vai lá, estude e faça seu melhor quando conseguir a aprovação, não fique por aí defendendo políticos e governos como um imbecil, use seu cerébro para pensar por conta própria.

Mas Investidor Concursado, o Bozo e o Paulo Guedes vão vender o Bostil pros imperialistas ianques e não vai mais ter concurso público!

Se você acredita nessa merda, quero que você suma daqui, seu pária. Desde quando comecei na vida dos concursos (coisa de uma década atrás), entra ano e sai ano o papo sempre foi esse, e nunca faltaram oportundiades para quem estava PREPARADO.

Se ainda não é funça, vai estudar mais e perca menos tempo defendendo político ladrão, discutindo política, economia, relações exteriores etc. (sendo que você provavelmente não entende bosta nenhuma disso, não é um vídeo no youtube que lhe assegura o domínio de tantos assuntos).

Se já é funça, pare de birra e deixe de ser um animal fétido que se atola em dívidas, consignados e prestações! O governo quer mais é que vc morra para não ter que pagar aposentadoria para você, imbecil. 

Vai estudar sobre finanças, vai investir uma parte do salário todo mês para ter uma velhice tranquila, vai cuidar da sua saúde, pare de se entopir de venenos industrializados (açúcares, carbos lixosos, conservantes etc.), vai fazer atividade física, vai ser feliz.

Abraço do Investidor Concursado!

https://www.youtube.com/watch?v=BP9fSTefQu4

segunda-feira, 3 de junho de 2019

Detox de redes sociais - o resultado

Fala, pessoal.

Passados três meses desde quando decidi abandonar as redes sociais, conforme relatei aqui, venho apresentar os resultados dessa decisão.

Primeiro 


Estou fazendo atividade física com a regularidade desejada (atualmente, 4 vezes por semana). No segundo semestre, pretendo ainda começar a fazer academia mais três vezes por semana, acho que para a saúde será o ideal.

Segundo 


Não perco tempo discutindo besteira no facebosta. Estou muito mais tranquilo, não recebo aquela dose diária de ódio que sentimos ao ver tanta merda acontecendo.

Terceiro 


Estou desatualizado dos memes. Só vim saber o que é "juntos e shallow now" ouvindo a rádio. Spoiler: é uma música nonsense do Luan Santana e da Paula Fernandes. Fiquei sabendo ontem do suposto estupro do menino Ney.

Quarto


Estou dormindo muito melhor. Não sei se é por causa da atividade física ou pela redução no uso do celular (provavelmente uma mescla de ambos), estou com sono meia noite e acordo entre 7 e 8h da manhã com disposição total.

Quinto 


Ninguém sentiu minha falta. Sinal de que é uma ilusão que as redes sociais (AKA fecebosta e instalixo) nos aproximam das pessoas importantes. Eu falo diariamente com os amigos próximos num grupo de whatsapp que temos, coma família falo com regularidade pelo zap zap ou por telefone mesmo. Ou seja, não preciso de outros apps para coisas importantes.

Sexto


Estou usando mais o youtube, inclusive assinei o premium. Estou tentando evitar canais que falam de política de forma rasa, quem tiver sugestões de bons canais pode mandar aí. Assisto sempre um canal que fala do esporte que estou prarticando, outros que falam de curiosidades e notícias de jogos etc.

ETIDADO para incluir o sétimo item 

Sétimo 


Eu não sinto mais vontade (fantasiada de necessidade) de comprar uma coisa diferente a cada hora. O algorítmo do facebosta e do instalixo é fodido, impressionante como as propagandas que eles me direcionavam tinham o poder de me fazerem sentir vontade de comprar alguma coisa.

Desde uma TV nova, a um carro mais moderno, uma cama melhor, uma fritadeira elétrica mais potente, até cursos online de línguas, programação, finaças, concursos... Cara, olhando agora eu percebo o quanto eu era inundado por propagandas especialmente elaboradas para atiçar minha sanha consumista por uma IA do demônio.

Desde então, eu simplesmente nunca comprei nada. Nem roupa, nem livro, nem utensílios domésticos, nem porra nenhuma! Incrível!

Num apanhado geral, foi uma ótima decisão abandonar as redes sociais. Acho que eu só poderia aproveitar melhor o tempo, não retomei a leitura dos meus bons e velhos livros, mas um passo de cada vez.

Abraço e boa semana a todos!

sexta-feira, 10 de maio de 2019

Vamos falar sobre previdência

Você anda preocupado com os impactos que a reforma da previdência trarão para a sua tão sonhada aposentadoria?

Senta aí e pega a pipoca que eu vou te falar algumas verdades sobre esse esquema de Ponzi que é o nosso sistema previdenciário.




Nossa previdência é baseada no modelo "contributivo e solidário", ou seja, uma geração sustenta a outra, o que os sabidos chamam de "pacto intergeracional". 

terça-feira, 26 de março de 2019

Atualização Patrimonial - 1T2019 (R$ 140.614,78 | +5,42%)

Olá, amigos. Conforme prometido, segue a atualização patrimonial referente ao primeiro trimestre de 2019.


A partir de agora, vou fazer a atualização a cada trimestre, para não ficar aquela coisa repetitiva todo mês. Minha última atualização patrimonial foi em outubro! Já se foram 4 meses sem publicar. Nesse meio tempo o patrimônio cresceu bem, superei o "topo histórico" anterior, de março de 2018. 

sexta-feira, 8 de março de 2019

Detox de redes sociais

Fala, meus amigos.

Nesta semana decidi tirar umas férias das redes sociais e de notícias em geral. Desinstalei os apps do facebosta e do instalixo do celular e não vou acessar pelo menos até o fim da quaresma (21 de abril).

Nem vou perder tempo listando os malefícios das redes sociais, basta uma simples googlada para descobrir quão mal essas merdas fazem pra nós. Tem até um livro sobre o tema.

O facebook eu usava bastante, ficava acompanhando diversas páginas de notícias e até de alguns políticos. Algumas vezes comentava, debatia com outros usuários, essas merdas. Abria o app umas 50 vezes ao dia. Já venho diminuindo o uso há um tempo, agora resolvi radicalizar.

O Instagram praticamente nunca usava, só quando chegava uma notificação de algum amigo me marcando em uma foto aleatória. Não vai fazer falta. Só chimpas postando fotos de uma vida feliz e próspera que não é a deles. 

Eu também tinha o hábito de acessar os principais portais de notícias (G1, Folha, Gazeta do Povo, Uol etc.) pelo menos umas duas vezes ao dia no trabalho. Parei com isso há uns 6 meses e já senti que valeu a pena. TV só assisto quando ligam num ambiente em que estou.

Desativei a opção de mostrar cards de notícia no celular, vai ser detox total. Ao final do período venho relatar pra vocês qual foi o resultado e se consegui atingir o objetivo.

Em abril pretendo publicar a atualização patrimonial do 1T2019.

Abraços e até mais.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

SMV: o que é e qual sua importância para os relacionamentos modernos?

SMV (Sex Market Value = valor no mercado sexual) trata do poder de atração de um indivíduo e sua capacidade de conseguir ou manter parceiros sexuais.

É o conceito central difundido na “manosfera” norte-americana (blogosfera dos gringos que trata do masculinismo, equivalente aos fóruns da “Real” brasileira) e melhor trabalhado por Rollo Tomassi, autor do livro ”The rational male”, em tradução livre: o macho racional.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Como estudar para concursos públicos - continuação

Dando continuidade ao post Como iniciar os estudos para concursos públicos, seguem minhas considerações sobre alguns pontos importantes que ficaram pendentes.

Qual material usar?


Começo frisando que você NÃO deve utilizar material acadêmico para concursos públicos. 

Dê preferência a materiais específicos, com a teoria resumida e direta. No começo dos estudos eu usava muitos livros, tinha pelo menos uns 2 para cada matéria. Com o tempo fui percebendo que na maioria dos casos é perda de tempo, passei a dar preferência aos cursos em PDF específicos para cada cargo, elaborados por professores especialistas.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Então é Natal, e o que você fez? O ano termina e nasce outra vez...

Fala, pessoal.

Nesses dias é comum pararmos pra pensar sobre o ano que findou e começar a traçar os planos para o próximo. Bom, acho que tudo isso é válido para reflexão.

Vou fazer uma avaliação de como foi meu desempenho em 2018 nas áreas que tracei como prioritárias ao estabelecer as METAS 2018, avaliando se atingi o objetivo ou falhei miseravelmente.