quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Quais vantagens e desvantagens de estar solteiro e namorando?

Fala, Senhores.

Há algum tempo venho pensando em postar algo sobre esse assunto. Afinal, o Concursado Investidor passou para o time dos comprometidos há algum tempo. Em alguma postagem aleatória, alguém sugeriu esse tema também, então segue.

Vantagens de estar solteiro


1. Você faz o que bem entender, a hora que quiser (e somente se quiser)

Deu vontade de viajar com os amigos? É só arrumar a mala e pegar estrada. Deu vontade de ir pra balada? Só ir. Está a fim de ficar em casa assistindo netflix ou upando aquele RPG maroto? Fique.

Quando solteiro, você só precisa pensar no seu bem-estar e só faz os programas que te agradam. O nome disse é liberdade.

2. Você tem paz

Não precisa perguntar como foi o dia de ninguém, tampouco dizer como foi o seu. Não precisa explicar quem é "aquela vagabunda que comentou sua foto no instalixo/facebosta".

Você não precisa se preocupar com jogos emocionais e testes que boa parte das mulheres empregam contra seus parceiros fixos e até contra meros pretendentes. Se você está solteiro, simplesmente ignora e procura a próxima.

3. Você pode pegar várias mulheres diferentes sem peso na consciência

Destaquei a parte final porque quem está comprometido também pode ficar com várias pessoas, sendo infiel. Entretanto, precisará esconder suas ações, consequentemente haverá sensação de estar fazendo algo errado, a menos que você seja um psicopata. Hoje eu considero a fidelidade conjugal como uma medida de caráter de ambas as partes. Sim, eu acho que o homem não pode trair sua companheira.

4. Você não corre o risco de ser corno

Precisa comentar?

Vantagens de estar em um relacionamento


1. Você terá alguém para dividir bons momentos a dois

Passar aquele feriadão em casa não vai ser tão depressivo com uma boa companhia feminina. Principalmente se ela não for uma femista nojenta e gostar de cuidar de você (e você de cuidar dela).

2. Você terá uma pessoa se preocupando com você

Quem já saiu da casa dos pais sabe bem o que é isso. A sensação de estar jogado no mundão às vezes incomoda. Uma mulher carinhosa e preocupada ameniza bastante.

3. Você terá fácil acesso ao sexo, que tenderá a ser de qualidade no mínimo aceitável

Isso pelo menos no começo do relacionamento. Solteiros precisam "caçar" em algum lugar (veja minhas dicas aqui), às vezes é legal, mas toda vez que quiser esvaziar precisar dar um rolê e ainda correr o risco de não encontrar nada é foda... 

Não sou adepto do sexo pago, que é uma alternativa para os solteiros, mas creio que não satisfaz à maioria dos betas homens.

__

Bom, em termos bem gerais acho que é só isso aí. Nota-se que não existe uma situação ideal, toda escolha implica renúncia. Para ter algumas coisas boas de estar namorando, você necessariamente deve abrir mão de algumas vantagens de ser solteiro.

Não é tão fácil decidir se vale a pena ou não, e mesmo estando em um bom relacionamento, você em dados momentos vai querer estar solteiro, nem que seja pra ficar recluso no seu quarto.

E vocês, companheiros (Lula livre! kkk), acrescentariam algo à lista? Contem aí nos comentários porque gostam de estarem solteiros ou namorando.

Abraço!

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Passo a passo para a Tranquilidade Financeira - TF

Fala, pessoal. Estou sem postar por algum tempo, nem a atualização trimestral saiu (acho que nem vai, muita preguiça...).

Vou falar rapidamente pra vocês sobre alguns passos simples e importantes para conquistar a Tranquilidade Financeira - TF e porque este é um objetivo mais factível de se buscar que a Independência Financeira - IF

Eu conceituo TF como um estágio em que o investidor já acumulou um bom patrimônio cuja renda passiva o permite levar uma vida bem tranquila, na qual ele pode escolher no que trabalhar independentemente de salário, pois sua subsistência básica já está garantida.

Note que, ao contrário da IF, na TF o investidor apenas detém o suficiente para se manter (moradia, alimentação e demais gastos básicos) sem passar necessidades, enquando na IF é possível manter o mesmo padrão de vida de quando estava na ativa com a carga máxima.

Alguns poucos privilegiados jamais pensariam em trocar de emprego, trabalho, profissão ou até mesmo reduzir sua jornada. Bom, esses provavelmente não vão ler isso aqui mesmo...

Creio que a maioria dos reles mortais vira e mexe se pegam pensando em mudar de ares ou pelo menos dar uma reduzida no ritmo do trabalho, mas se vê preso numas algemas de ouro: o salário é bom, o padrão de vida já está estabelecido ou os aportes exigem.

Para esses, é bem factível buscar acumular um patrimônio razoável cuja manutenção exige basicamente o reinvestimento para dar-lhe segurança para o futuro, permitindo trocar de emprego ou até tirar um período sabático, que seja.

Passos para a tranquilidade financeira

1. Não tenha dívidas. Se vc tem dívida, não é nem gente. Quite essa merda.

2. Tenha uma boa reserva de emergência em algum investimento de alta liquidez. Poupança é indispensável, pelo menos uma parte.

3. Aprenda a investir. Você dificilmente vai conseguir a TF só investindo em poupança, a não ser que tenha um valor realmente muito alto. Alguns optam por imóveis, eu considero arriscado demais concentrar todo o patrimônio num único tipo de investimento. 

4. Acumule 24 meses de DESPESAS mensais pagas. Esse é o momento em que o investidor coloca o primeiro passo na TF, segundo o Bastter.

5. Acumule 24 meses de SALÁRIO mensais em ativos geradores de renda. Um desdobramento da etapa anterior, quanto maior sua taxa de poupança, maior será o lapso entre as etapas 4 e 5.

6. Tenha renda passiva de 50% das suas despesas (calculadas por ano). Aqui é o divisor de águas. Acho que quem chega nesse ponto e não vive como um ermitão já está com "as mãos na taça", basta manter os aportes por alguns meses e a TF vem.

7. Tenha 100% das suas despesas cobertas pela renda passiva. Pronto. Parabéns. Você atingiu a tranquilidade financeira. Agora é livre para escolher no que trabalhar, o que ganhar com seu labor é lucro. Se conseguir pagar as despesas com os rendimentos do trabalho e apenas reinvestir a renda passiva do patrimônio, vai ficar cada mês mais rico e próximo da IF.

Após atingido o passo 6, em tese já seria possível começar a experimentar a TF, migrando para algum trabalho de que goste mais, embora ainda seja arriscado, pois se der merda em algum tempo começará a colocar seu patrimônio duramente acumulado em risco.

Por hoje é tudo. Abraço!